Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

Clique e Aproveite as ofertas

Otimos preços ...

domingo, 31 de outubro de 2010

Uma Mente Humana !!!


Penso, viajo, raciocino
E não me acho
Vejo, suspiro, navego
E sem sentido me perco
Me perco, naquilo que eu encontro
Aquilo chamado mente humana

Me atiro, me jogo, caio
Nas tentações que a vida nos dá
Penso, raciocino
E não me vejo humano

Será que estou no vazio do espaço
Onde me perdi, agora já me acho
Onde eu vivi, agora me encontro morto

E o tempo em volta está para acabar
Como os dias de matar
Matar toda nossas frustrações 
A nossa liberdade
A nossa amizade

Penso, Me atiro, e no espaço
Me encontro, caido, sem a chance de levantar
Sem a moral para a tréplica    

Essa é a mente humana
Confusa, difusa, sem lógica
Por mais que ''pensamos'' entender
Jamais seremos capazes de render
Toda aquela bruta frustração de fracassar
Errar, Pecar, Pensar, Agir !!!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Realidade ou Ficção !!!



A realidade dos meus desejos
Se colidem com a ficção dos meus sonhos
De forma tão lúcida e clara
Que a visão não será mais capaz
De revelar e distinguir  qual é qual !!!

Sonhos surreais, ilusões tão reais
o que pode ser tudo isso
Será minha mente no precipício

Não pode ser tão ruim
Além . . . que você não está aqui
O que poderia ser pior
Que não te ver ?

Agora tudo se acabou
A mente retoma a jornada
E caminha junto com a revoada
E retorna ao juizo da concepção 
Da inconciencia que aguarda
Todas aqueles que não sabem por onde andar

sábado, 23 de outubro de 2010

Duvida ?


A duvida mais cruel
É a verdade mais crucial
E a duvida nao é mais duvida
Se torna uma verdade absoluta
Da qual nao queremos aceitar

No nosso caminho 
Sempre estara
E assim viveremos sempre em duvida
Por nao sermos capazes de acredita
Que tudo é possivel

E o tempo irá passar
Mais do que depressa 
E eu terei de escolher
Entre a verdade e a surrealidade
Essa é a minha duvida 
Essa é a minha verdade
Esse sou eu !!!


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ao passar dos Dias


Todo dia vemos
E passamos
E vivemos

Situações das quais
Não esperamos
Não queremos
Que nos incomodam

Por descaso do destino
Sempre consciente de onde ando
No caminho da perdição sigo

E na surrealismo vivo
Na cresça da esperança que no devaneio
Surja algo a mais para se apoiar
E assim seguir em frente sem reclamar

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Voce ao meu lado !!!

Eu fico acordado a te olhar
E a esperança que tenho extingui
No tempo e no espaço
Só posso sonhar


Tempo que não para
Espaço que não temos
Onde ir, Quem sou
Que horas é, tudo acabou


Minha razao, sua visao
Nada está certo
E nada mudará
Pois só simpatia
Ei de conquistar


Mas de volta irei me tornar
Um amigo que apenas guarda
Segredos e mentiras
Das quais nao me orgulho
Das quais não esquecerei


E de voce que aprendi a querer
Simples e rapidamente esquecerei
E lembranças nao deixarei


Do seu olhar nao esquivarei
Mas fugirei de voceis  
E assim evitarei sofrer

Tudo . . . !!!


Tudo que acontece tem um por que, uma razao
E simples fatos, muda todo o nosso espaço tempo
E com a ilusao nosso olhar
se perde no fim da estrada
Limitado e apagado
Nosso caminho e nosso tempo

A cada instante
A cada razao
A cada mentira
No instante, lhe vejo durmir
Na razao, lhe vejo sorrir
Na mentira, me vejo sofrer

Pois cada segundo que passa
Meu tempo se esmaga
Ao querer-ti
e desejar-ti

Mas tudo que acontece tem um porque, uma razao
A qual demorarei para saber
Mas nao desistirei
E em enfim encontrar eu irei

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...