Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2011

Eu quero . . . !!!!


Eu quero sempre estar
Nos pensamentos e nas noites de luar
Nos olhos teus permanecer
E ser juntos, alguém a se viver
A vida mais bela que eu possa ter 


Eu quero apenas ser um amigo

Do qual você possa contar
Os seus erros e recomeçar
Tudo de volta ao mundo de estar
A espera do seu caminhar

Eu quero apenas ser seu 
E enxergar a distancia sem se tornar
A miséria e a discórdia 
Que plaina em nosso viver

Eu quero sempre estar
Ao alcance dos olhos seus
Para sempre eu viver
Na visão do meu bem querer

Eu desejo, eu suplico
Eu minto, eu desminto para estar
Ao seu lado eu ficar 
E sempre, sempre cantar
Que a vida é mais que uma bela canção de ninar

Eu faço acontecer os desejos que me concede 
Eu faço aparecer e de noite eu trago o sol para você
Eu faço de tudo isso uma simples brincadeira
Onde te amar é a parte mais fácil
Eu sempre estarei lá !!! 

domingo, 26 de junho de 2011

A grande arte da vida é Viver


A arte da vida é viver
Mas como vivemos ?
O que se diz de viver ?

As vezes passamos e não olhamos
Que tudo em nossa volta não passa de uma ilusão
Que traz uma grande revolta
E nos nossos objetivos mergulhamos

A vida é bem mais que sucesso
A vida por si só é um sucesso
Um milagre, uma ocasião unica
E por si só eterna

A vida é bem mais que sair para se diverti
É bem mais do que "amar" todos e tudo
E no mesmo momento odiar uns aos outros

É mais que pensar só em si
É mais do que ser egoísta

É ser vivo . . .

Na realidade de um desejo eterno
Em um carinho amigo
Em encontro amoroso
Em uma conversa amistosa
Em tudo que é benéfico ao estar nosso

Ser vivo é viver e não deixa de se supreender
E por falta de opção ser feliz contudo que temos
E preferir que seja sempre assim

Então diga o que tiver que dizer
Seja o melhor que consegui
Escute mais que fale
Fale o que seja verdadeiro
Pense antes de falar
Seja o melhor que puder
Para que outros sejam o melhor que puder com você

dedicado ao blog : A grande arte da vida é viver

sábado, 25 de junho de 2011

Estou bem . . .

Estou bem 
Mesmo pelo fato de não ter ninguém em quem confia
Em lembrar que os tempos de amizades loucas não voltam mais
E por saber que a pessoa que mais marcou minha vida 
Na verdade era a pessoa com quem mais me dava bem
E por falta de acontecimentos ela se foi

Estou bem . . . 
Mesmo que eu tenha ficado ali parado
E os outros fazendo suas vidas ou não
Mas sempre usando a imaginação

Estou bem . . . 
Mesmo que o amor que eu distribui não tenha voltado
O medo que eu tinha não tenha passado
E a esperança tenha se acabado

Estou bem . . . 
Mesmo com a tristeza no peito
Sorrio e dou jeito
De fazer com que meu futuro não dependa disso


Estou bem, afinal das contas eu dependo de mim mesmo
Para que tudo se resolva, pois vou estar sempre bem
Pois a vida não para, a mente não cala
A verdade não soa e a mentira e ilusão correm em vão

Estou bem . . .
Pois só preciso disso para viver
E seguir meu rumo e ser 
Aquilo que desejo,
E no caminho encontro o que eu perdi com o tempo

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Dom seu


Qual a capacidade de uma pessoa ?
Qual o dom mais precioso que temos ?
Será esse dom de encantar?
Talvez o dom seja algo espontâneo 
Que comove e traz a vida aquilo que lhe propõem felicidade
Talvez esse fato faça de nós crianças
Que quando ver algo do que gosta, se apaixona
E de fato raro cria um "laço"

É incrível pensar em algo assim
E não pensar em você
Que se propõem de tantas formas diversas
A mudar uma vida, um olhar, um sorriso
E torna-los únicos e verdadeiros

Esse dom que possui é algo descuidado
Que afeta todos os seres que lhe conhecem um pouco
E sobre a sombra do seu olhar estão
Assim permanecem no ato de amar

Esse é o dom do seu olhar, de sua fala, do seu jeito de pensar
O dom de encantar, de surpreender, de ser única

Talvez eu esteja alucinado
Mas a fato não é falso
Todos se encantam pelo puro e simples ato
O ato do seu eu ser o seu único eu que apresenta você

dedicado: Ariely

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tem que ser Você . . .


Tem que ser você . . . 
Para que a noite não se apague em um clarão
E que o dia não seja esquecido na escuridão

Tem que ser você . . . 
Para que meus sonhos sejam verdade
E que a realidade seja mera banalidade

Tem que ser você. . . 
Que me afaga enquanto durmo
Que me incentiva no fracasso
Que me torna vivo, ate mesmo em minha morte silenciosa do desejo 

Tem que ser você . . . 
Fonte de todo um desejo
Esperança despertada em um beijo
Carinho de toda uma vida


Tem que ser você . . . 
Pois cada momento eu lhe vejo amar
E por instantes deseja que jamais acabe esse encanto do sonhar

Tem que ser você . . . 
Pois como terra precisa do sol e da lua
Sou eu precisando da metade minha

Tem que ser você
Pois só eu sei, que a vida é perfeita com você
E só eu sinto o que sentes por mim

Tem que ser você . . . 
Pois sem você não existe um eu
E o amor jamais interage com o nada

terça-feira, 21 de junho de 2011

Então sentir ou ver ?


Melhor sentir do que ver ?
As vezes eu não sei
Se tantas vezes não vemos a dor 
Mas sentimos tão forte que machuca

E no instante do olhar
Tudo parece mentira
E como em uma ilusão de ótica 
Ficamos surpresos em ver
Mas de fato não entendemos se é verdade ou não
Tudo pode ser questão de interpretação 

Então sentir ou ver ?
Talvez meio a meio 
As vezes sentir, as vezes ver
Talvez transforma tudo com calma
E fundir a lógica com a razão 
E por fim ser um humano 

Então sentimos ou vemos ?
Tudo é questão da condição
Tudo se torna questão do coração
Onde a razão e a emoção
São todas em vão
Tudo é questão de opinião.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Talvez Procurar . ..


Procurei e por fim encontrei
Alguém que pudesse ser parecido com o meu eu 
E da mesma forma fosse o contrario do pensado
E na resolução final se encaixasse perfeitamente em mim

A procura que estive fazendo 
Nada mais é que a metade do meu ser
E na hora do encontro certo, eu tive que dizer
O adeus da despedida, que por breve que seja
Me faz girar a cabeça e transparecer 
Estou louco é um distúrbio

Querendo te amar para sempre
E o sempre só durando alguns instantes
Mudando meu ser no toque deslumbrante de um sutil beijo

Procurei por você durante tanto tempo
Que o meu medo é que eu estivesse errado em procurar
Ou talvez tivesse encontrado o inverso do querer
E na consciência não tivesse chegado ao fim da busca

Talvez você um dia entenda
Que meu amor é uma história simples
De um leve querer a uma razão para acreditar
Que tudo foi obra do destino
O destino do meu amar

Muitas vezes prefiro ficar só 
E sem acreditar nessa chance de amar
Me dou ao luxo de ignorar
Toda razão de conviver com as pessoa todas

Talvez eu tenha procurado de menos
E muito menos ter encontrado 
E por escolha não ter lhe achado
Talvez essa historia não seja totalmente errado
Pois algum dia encontrarei você
A minha verdadeira face, o meu verdadeiro par.   

sábado, 18 de junho de 2011

Por Você !!!


Por você seria capaz de esquecer do mundo
E seu sorriso seria minha alusão
E todos os meus caminhos

Seria a vida e a morte 
Do meu ser criado a partir do olhos
Seria seu desejo e seu momento 
Seria o que imaginasse ser

Seria teu mundo se assim fosse sua vontade
E do mundo teriamos a solidão a dois
Veríamos o sol todo dia a nasce e a se por 
E a noite seria uma nova outrora 
E todo dia seria um novo começo
E um novo modo de te amar

Por você eu seria capaz de reiventar o tempo
E fazer de nossos segundos a eternidade
Pois assim os meu sorrisos durariam para sempre
Pois sempre que estou com você 
Meus olhos brilham e meu sorriso aparece 

Por você eu seria capaz
De tudo e o nada
A verdade é que 
Por você faria tudo que quiseres 
Por você

sexta-feira, 17 de junho de 2011

A verdade, O querer


Adoraria que tudo isso você verdade
E que na mentalidade
Tudo fosse como tem que ser
O belo, o bonito 
Seriam fonte do nosso viver
Seriam inspirados no nosso querer

E por mais vago que sejas 
A nossa cabeça seria como as dos amantes,
Uma eterna vida de contos de fadas.


O fruto do quer 
É como vento do viver
Leve e permanente
Mais nem sempre "presente"
E com a força do desejo
Se faz um novo começo
Dos quais não há erro
Por mais que tenhamos um passado

E assim seguimos o nosso destino
Com doce leve toque de ar
Que respiramos e transmitimos 
As nossas vontade, as nossas maldade
E por mais simples que seja
A falta dela revela
Os desejos da alma
E se o amar for uma delas
Não respirarei nunca mais
Para que percebas do que sou capaz .

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Espinho da rosa



Eu sou como um espinho de uma rosa
Das quais ninguem se importa 
Se são belos ou nao
Perfeitos ou tortos

Mas no momento em que passam por nos 
Por mais que nao se lembrem de nós
Deixamos uma ferida
Que por menor que ela seja será lembrada

Assim somo na vida das pessoas
Somos como espinhos
Podemos não estar a todo momento acompanhando a rosa da vida 
E suas lindas pétalas de memórias 
Mas deixamos feridas das quais serão lembradas

E por causalidade serão esquecida
Se nela não haver nenhuma importância
Somos esquecidos e não reconhecidos
Mas estamos lá para deixar a nossa marca

Pois sabemos as marcas que deixamos
A cada instante a cada ano 
Por toda uma vida sabemos
Que sem nós a vida da rosa 
Seria um mar de pétalas vermelhas 

Janelas Para Seu Mundo


Seus olhos são como janelas para seu mundo
Olhos seus tão loucos
Janelas para outra dimensão
Da surrealidade e da moral perpétua 
Da verdade singela
E da mentira severa 

Tudo em um conjunto de cores
Tudo em um conjunto de momentos
Tudo em um só olhar
Nada precisa demonstrar
Pois nada precisa falar
Pois revela tudo em um olhar

E como no filme de cinema
Podemos prever a próxima cena
E revelar todos os seus artifícios
Para revelar o que mais quer 

E como numa simples criança
Faz toda uma manha 
Para conseguir manipular a mente minha

Consegues a traz dessas janelas
Olhos incapazes de mentir
E se quer de ferir alguém em si 
Olhos que não saem de mim
Janelas para o mundo seu

Olhos da mente esses seus
E constantes e permanente nos meus
E por fim fechas a janelas do mundo meu
Que por si só é o seu que é o meu   

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Meu amor em um só abraço

Ter você em meus braço
É como o fim de uma era
A loucura dos acontecimentos passados
E eles nada são do que um passado em vão

A tormenta, a decepção nada mais interessa 
Você é um tudo em só abraço 
És tudo para mim, meu mundo meu espaço
Pois cabes em meus abraço  

O destino jamais me guiará
Pois levo os meus versos
E alguém para amar 
Carrego em meu peito a chama da verdade
Carrego em meu peito um amor de verdade

E nada eu preciso, tendo o meu mundo, o meu paraíso
Onde eu possa descansar, onde eu possa falar
Tudo que me acontece, e tudo que me interessa 
Tendo meu mundo o meu paraíso, 
De nada mais eu preciso 
Pois tenho meu amor em um só abraço 

Perguntas não feitas



Por que parece nao ver ?
Por que parece nao sentir ? 
Por que tens esse poder ?
Por que fazes isso ?
Nao sei . . . 
Nao sei se notou 
Nao sei se eu falei
Nao sei se leu
Os versos meus
As carta minhas
Tudo em mim eu fiz pra ti 

E agora o tempo condena
A imagem secreta do amor
Mas só agora eu prestei atenção 
Nos olhos seus
Que me disseram adeus

Por quanto tempo eu aguentei 
Não quis ti dizer
Por quanto tempo eu esperei
A resposta da pergunta não feita

E tudo isso me leva ao fim
Esse é o caminho que eu escolhi
Por gostar tanto de ti
E simplesmente por não lhe dizer

sábado, 11 de junho de 2011

Doce Criança


Criança minha 
Espera continua
Rumo ao além 
Caminho de perdição 
Futuro do meu coração

Doce toque de criança
Brincadeira inocente
Me fez crente que iria voltar
Doce toque de criança
Doce e amargo pois fim nunca chegou
E você jamais retornou

O além me conforta
Me faz forte em esperar, sem rumo, sem algum lugar
Lugar do qual não tenho
Pois meu caminho é a passagem do futuro
Futuro do qual não existe sem ti nele 

Um dia percebi
Que meu futuro não era ali
Talvez se a brincadeira não fosse só brincadeira
Eu teria sua verdadeira essência 
Teria o meu sonho nas mãos 
E com a boca não acabaria 

Doce criança minha 
Fazes de atos uma fúria 
E fazes de palavras sonhos
E fazes de mim um escravo 
Do desejo da vontade tua 

Criança minha onde estás ?
Estás perdida em algum lugar ?
Então só me resta procurar
Pois a espera já não é capaz
De Fazer de tudo uma realidade, uma verdade
De fazer tudo em um só momento 
O momento da minha doce criança   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...