Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

Clique e Aproveite as ofertas

Otimos preços ...

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Medo de estar sozinho


Hoje senti uma dor no peito
Um cruel jeito de se encarar
Que a vida nada mais é que uma brisa

Vai e ninguém a vê 
Talvez possamos senti lá 
Talvez podemos cria lá
Mais jamais podemos agarra lá como nossa

Essa dor que no meu peito bate
É tão forte quanto sangue 
Que corre em todos nos 
É o que nos torna todos iguais 

Essa dor se chama medo
Onde eu não consiga me agarrar em nada
Onde eu não possa ver nada
É medo de estar solitário na vida

Pois por maior que seja a barreira 
Sempre passamos com a ajuda de irmão ou amigo
De alguém de perto, alguém que se identifique

Mas estar sozinho não é não conseguir passar as barreiras
Mais sim não existir nada para se fazer
É estar dentro de um abismo em queda livre
É ficar no escuro de olhos fechados
É morrer por dentro quando o que está por fora já não existe

Esse é o medo de estar sozinho
De nada entender
De nada ver
Pois o medo é algo imprescindível 
Ficar sozinho é uma escolha
Mais estar sozinho e ter medo disso
É viver sem luz, sem escuridão
É viver em um nada 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostar comenta . . . o que sentes e o porque . . . muito obrigado pela visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...