Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Olhar de anjo


Olhar de anjo 
Doce e inocente
Sugestivo ao presente
Amada e descrente

Não acredita que alguém possa ama-la
Tanto que não viva
Essa realidade já não é plena
Em seus frágeis olhares de porcelana

Viva, vistosa e linda
Majestosa no jeito de andar 
Tão seria quanto a lua 
Que brilha na escuridão da noite 

Sei que esse olhar de anjo não engana
Você querer alguém que a ame 
Sem mentiras, sem historias
Somente o presente, com novas vitorias

É sempre assim que você pensa
Um lindo dia de sol e chuva 
Uma tempestade na lua
Ou apenas a solidão da mente pura

Simples sem enrolação 
O que queres alguém que dome seu coração
Que lhe faça menina-mulher
E em questões de segundos faça a sua vida melhor.

domingo, 22 de abril de 2012

Deixei de Sentir . !!!


Deixei de amar
Deixei de sentir
Me prendi no que chamo de mim
Aprendi que de mim, não tenho medo
Não há choro e nem sussurros sonolentos

O interesse é amplo e amizade constante
Posso as vezes não aceitar atitudes de mim 
Mais posso mudar sempre que foste capaz 

Deixei de amar pois ninguém ama 
Ao simples toque já querem cama
E no ato explicito não clama amar 

Deixei de sentir
Pois dele tudo se dissipa 
O sentimento já passou a ser mentira
E a constância já não é mais eterna 
Acreditar já não é mais belo

Deixei tudo isso para o lado
E me tranquei no casulo de mim 
Ficarei assim para ver se alguém quer a mim 
Pois o mundo só se torna belo 
Quando alguém faz de nós o sentido da sua vida 

Me trancarei ate me sentir seguro
Pois no espaço tempo 
O mundo é muito imaturo
Para proporcionar o alivio que eu espero.  

sábado, 21 de abril de 2012

Desigualdade guardada


A desigualdade de pensamento 
Nos torna mais próximos
O entendimento é mais que palavras ditas

A sombra de nosso passado não existe 
Diante a escuridão desse sentimento
E o medo é mais que um simples acaso 
É destino imperfeito realizado 
É constância não real

O desastre dessa chance
Com a lógica do sentimento
Nos traz a esse momento 
Momento do qual tenho medo
De responder esse toque sutil do seu beijo 

E a desigualdade de opinião 
Faz com que sejamos amigos
Tão próximo e tão unidos
Quanto o destino, viver,  e o fim, a morte da alma

Isso se faz apenas por um momento 
Guardado no peito
Rancor sem jeito
Medo do fim
Fim que nunca acaba com essa desigualdade guardada.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Minha Pequena !!!


Toda vontade que tenho é de te encontrar
Fazer do seu sorriso o amanhecer do meu dia
E do seu olhar o meu caminho

Toda essa vontade que tenho me faz acreditar
Que somos perfeitos imperfeitamente um para outro
E que nossos destinos são parecidos na diferença

Toda vez que lhe olho no olho 
Tenho sentimentos diversos
Inúmero, infinitos 
Sem a certeza do que é certo

Eu vivo nessa constância do tempo
Desejando e lhe amando
Amando e lhe respeitando 

O seu sorriso é minha vida
Seu ar o meu viver
Teu toque o meu impulso
Sua fala minha calma

Tudo em você combina comigo
Se faz amigo e distinto
Se faz único no momento
Tudo é eterno, tudo faz sentido

Sejas assim sempre
Minha vida, minha pequena 
Meu ser.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...