Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

Clique e Aproveite as ofertas

Otimos preços ...

domingo, 30 de junho de 2013

O Medo De Dentro !!!


Tenho medo de estar fazendo o errado
Criar perceptivas demais, 
Onde não há completa chance de renovação

Tenho medo de entrar de cabeça e errar
Cometer erros "insolúveis"
Erros dos quais consumirão minha alma
Apenas deixando a solidão

Tenho tanto medo . . . 
Que as vezes do um passo para trás
E sem ver me vejo diante de outro precipício
De infundadas certezas que tenho

É tanto medo que as vezes eu procuro encontrar
Alguma válvula de escape, para fugir da terra
Mas esse pode ser outro erro que eu cometa

Inevitável ter medo, cometer erros, falar as coisas erradas
Mas é insuportável aguentar aflição no peito
Não saber o que fazer ou ate mesmo não saber está certo

E até mesmo aquela válvula de escape que tanto aprecio
Me questiono se és verdadeira
Se posso depositar todas as minhas duvidas e ilusões nela

Hoje mais do que nunca tenho medo...
Pois em tudo que olho cria-se uma duvida
Tudo que confio virá pergunta
E tudo que espero acaba em ruína 

Porém na incerteza desse caos,
Tendo apenas a olhar para frente,
Sempre crente de que um dia isso vá mudar
Que um dia eu irá acerta.

sábado, 29 de junho de 2013

Espera, Continuo Esperando !!!


Espero, esperar, esperando
Continuo a esperar, essa espera
Espera de encontrar
Espera de amar
Espera de apenas esperar esquecer o que se espera

Apenas sigo esperando, 
Na luta da minha espera por você
Mas de tanta espera que já me acostumei

Que se for preciso
Espero um dia, dois anos, décadas afim
Só para encontrar o que tanto esperava
Um sorriso seu de ponta a ponta da orelha

Que me faça esquecer o que eu esperei
E faça que eu jamais volte a esperar de novo
Um novo amor, Um novo tempo, Um novo tudo
Um novo recomeço para mim e você. 

Essa é a espera que venho lhe falar
Que mesmo que a espera seja grande como mar
Eu continue teimando tanto quantas vezes possíveis
Até eu conseguir contar os grão de areia na terra.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Descontinuidade . . . !!!


Esquecer, descontinuidade de algo triste
Ou até mesmo alegre sendo algo breve
Eis que me ponho diante desse sentimento
Esquecer será que és necessário ?

Tantas idas e vindas que desacreditei das minhas palavras
Os meus conceitos em relação ao mundo se depredaram 
É como se uma avalanche de sentimentos se chocassem 
Cada qual pra uma pessoa, uma situação

E nada resta além da simples calma do silencio
Súbito de toda solidão que percorre meu ser
Desacreditado por toda luz que geram os seres que me amam

Mas nada atualmente posso fazer
Pois o caminho em breves passos já escolhi
E mesmo que não perdure por tanto tempo
Apenas promessas bobas não poderei fazer
Para que tudo se normalize 

Há apenas palavras ao ar não adiantaram
Mas sim manter no coração toda e qualquer nova sensação
A tornando unica, como se fosse a primeira vez que a sentisse 
É assim que promessas bobas serão transformadas
E deixaram de ser promessas para serem caminhos escolhidos.

Le diga se foi verdade.


Hoje realmente senti algo aqui dentro
Do peito condenado a sofrer
Hoje pela primeira vez não pareceu um sonho
Pareceu algo além das possibilidade
Algo nostálgico diga-se de passagem
Aquelas lembranças de tempos bons 
De amores incondicionais 

Tudo isso acontece no deslumbrar dos seus olhos
Da súbita emersão do seus desejos 
Dos fatos obscuros em seu alento
Que me trazem de volta a vida

Hoje tudo isso pareceu tão real
Que até mesmo a sombra da perfeição
Que eu havia imaginado
Eu vejo em você

Sempre foi tudo que eu quis 
Mesmo que sem saber do que eu precisava
Você trouxe tudo que tinha
Me cobriu com tanto amor 
Me afogo de paixão

E hoje é um simples desejo
Que tenho de estar ao seu lado, sem medo, sem caso 
Apenas ao sentir sua respiração 
E sentir suas mãos

É tudo que quero nesse exato momento
Poder te olhar sorrir, 
E gentilmente lhe fazer dormir
Como se a maldade não existisse
E o tempo fosse apenas uma brisa que se passa. 

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Remota Chance !!!


Por mais remota que seja a chance
Sempre que me deparo me encontro 
Encontro com alguém que mesmo que não presente 
Faz toda a diferença

E faz pensar o dia todo como seria ?
De fato o medo surge por mero acaso
Acaso de não sustentar a suposta realidade
Ou talvez falsa modéstia que encaramos a vida

Talvez tudo isso esteja perdido
Num espaço onde já não há mais juízo 
Onde posso me deparar com a possibilidade
E fazer dela sujeito existente da minha realidade  

Talvez essa sensação remota que tenho
Não seja nada alem da estranha coincidencia de encontrar
Fatos e fatos que subjugados estejam
E realmente me façam delirar
Me façam querer amar.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Não Exatamente Quem Sou !!!


Entre uma vida e outra
Surge momentos perfeitos ocasionados pelo tempo
As vezes pelos sujeitos
As vezes por estarem no pretérito

Mas cursamos o mesmo caminho
Uma unica direção? 
As vezes não !!! 
Com passos longos ou até mesmo sem tocar no chão

Esse é o destino que tu me deste
Ou que eu escolheste 
Mas de fato em fato eu fui
E comprovei que metade de quem sou
Não é exatamente quem sou

Parece mais abstrato do que imaginário 
Mas ao ponto de ser concreto em divisas absolutas do ser
Que ser ? quem ser ? 

Nada mais é que uma historia de ninar
Mas que podem vir acontecer se você acreditar 
Não é mas a criança que deseja
E sim a mente adulta que planeja

Destorcemos quem somos para enxergar
Talvez nitidamente quem somos a sombra do luar
Metades de um ser perfeito
Que precisa de todo seu corpo e alma juntos para funcionar

Nada além da ilusão que somos felizes sozinhos
Enquanto caminho me deparo com meu maior inimigo
O medo de ficar sozinho ou até mesmo junto 
Da pessoa que escolhi "amar".

sábado, 22 de junho de 2013

Preciso desse seu sorriso comigo . . .


Preciso desse seu sorriso comigo
Acompanhando o meu amanhecer 
Estendido ao meu viver 

Isso tudo ao crescer de uma indagação 
Sentido puro ou ameno, apenas uma sensação 
Nada substituindo o desejo incoerente de minha razão 

Uma visão clara de toda existência
Que a minha sombra pode alcançar 
E nada se compara ao fato de eu querer te levar
Pra um lugar onde nada venha a nós atrapalhar

Esse é o espaço de minha mente
Onde apenas cabe você 
Que detentora de todo meu ser
Que se extingui quando não pode te ver.

domingo, 16 de junho de 2013

Fator Surpresa !!!


Dentre as surpresas da vida 
A melhor foi encontrar você
Que fez a fantasia que eu vivia acontecer

E os passos súbitos da morte instantânea
Que me predestinava   
Foram magicamente alterados
Uma convergência de fatos
Que se resumem em crer

Pois do exato momento que vi seu sorriso
Pude perceber que ali estava algo novo
Algo há mais a se contemplar 
Algo que se mantinha intacto ao luar.

E na esperança de encontrar um sentido
Pude crer em sua palavras 
E fazer acontecer o que era mais temido
Me entregar de corpo e alma sem me arrepender 

Tudo pelo simples fato de lhe conhecer
De conceber sua presença em minha vida
E destina cada segundo a lhe fazer feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...