Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

Clique e Aproveite as ofertas

Otimos preços ...

sábado, 25 de abril de 2015

O que me Traduz...!!!


A minha escrita 
Se reduz 
Ao simples traço
Algumas linhas
Distorcidas e ajustadas
Com o tempo que me agrada
Se traduz 
A minha poesia
Sem pés e cabeça
Apenas permanecendo 
Mutável,
Linhas Tortas, alguns cravos
Sou retratado 
Daquilo que imagino ser possível
Pensando bem,
Sou mais que uma linha em branco,
Sou versos infinitos
De ideias construídas 
Pelo Tempo, momento, vento,
Ideais, Sentimentos,
Sou Combinação linear perfeita
Do inexplicável 
Sou ser humano e falho. 

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Mudar ou Parado Ficar.


E da pratica humana
Pude então pensar
Ser uma nova pessoa
Ou continuar no lugar

Mas sem mudar 
Eu nunca vou chegar
Parado aonde está
Nunca se vai 

Mudar é filosofia de vida
Porque não mudar,
É não viver, é estático ficar

Mudar é necessário 
Sendo algo a mais
Pois o mesmo 
Dura apenas pouco tempo
Necessário sendo
Transformar, mudar, melhorar

Na pratica, é isso que tentamos
Melhorar quem somos 
Para por fim,
Melhorar aonde estamos
O que deixamos para trás.

Este Sou Eu...!!!


Errante eu vou sendo
Sem "mas",
Mais uma hora eu acerto
Começando do principio
Que é ser quem sou
Na hora da mudança
Também vou
Não permaneço calado
Grito contra o vento
Deixo que ele leve quem fui
Para me transforma em quem sou
Ou também para aprender
O que eu quero ser 
Sendo assim, mais um aprendiz
Do tempo, do vento, do amor
Sendo parceiro de tudo aquilo que se foi
Mas como o tempo 
Não há como voltar atrás
Como vento, sempre surge mais
E como amor, 
Tudo pode ser inesquecível
Contanto que eu não permaneça invisível
Seja ativo, no ato mais sincero
O de amar sem pensar
Amar por amar,
Só por gostar de amar
Sendo eu, amor em movimento.

terça-feira, 7 de abril de 2015

Com Você Eu Vou...!!!


E mesmo que o tempo pare
A paixão continua a mesma
Mesma que a distância separe
A importância continua na mesa
Mesmo que se faça silêncio
O momento é de glória
Mesmo que tudo nos aconteça 
Se juntos vamos, então "vambora"

Mesmo que desse chão eu tire os pés
Aprendi com você a voar
Pois na liberdade pretendida
Encontrei meu par de asas 

Meus olhos de quem estrelas vê
Porque o meu universo habita em você
Doce olhar estrelar
E a vida não poderia melhorar
Sem outrora me marca
Com sensação que eu sei
Eu e só eu sei lhe amar

Como era pra ser
Do início, do princípio,
Do combinado astralmente 
Eu deixei de pensar
E com você comecei a caminhar
Sendo assim, nesta estrada
Seguir "sozinho". nunca mais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...