Plágio é crime

OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS SÃO DE MINHA AUTORIA, E TEM SEUS DIREITOS RESERVADOS de acordo com a Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Cite a fonte. Plágio é crime!

Seguidores

Clique e Aproveite as ofertas

Otimos preços ...

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Despreparados Pra Vida?


Despreparados estamos para lidar
Com a vida que nos assola,
Somos incapazes de notar, 
Que a vida é uma incerteza
E nessa onda de nunca pronto estar,
Deixamos o tempo passar,
Perdemos a chance de mudar
E olhamos a chuva molhar,
A noite se por diante nos, 
Para um novo dia raiar,
Uma nova forma de recomeçar,
Acreditar ser capaz de mudar,
Lutando por aquilo que acreditamos,
Aquilo sonhamos em alcançar,
Sou livre para pensar, sonhar e caminhar
E nada poderá me deter,
Se assim um dia eu acordar
E alegria estiver em meu olhar
Por saber que a vida se conquista
Um passo de cada vez,
Na luta diária de ser quem sou.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Prefiro Acreditar...!!!


Tudo que faço é sorrir
Esconder minha lágrimas
Nunca desmoronar
Como se nada pudesse me atingir

Fingir, arte de ser o que não é
Fazer parecer, ilusão para quem não quer ver
Sozinho ser sem ninguém para convencer
De errado estar.

Parece fácil definir
Mas não de sentir
Não confiar nas direções
Nas canções
Ser portador de emoções

Errado estar, acreditando que o melhor virá
Prefiro achar que ainda poderá 
Acontecer se eu acreditar
De um dia eu parar
De esconder que tenho lágrimas.
E sorrir com olhos
Se me esconder
Protegido estar.

Minha dor, me pertence !!!


A minha dor a mim pertence 
É como elo que me liga a minha alma
Sou dor constante
Sorriso perante um novo amanhecer

A minha dor me pertence
Levo comigo a responsabilidade em ser
Sentir pesar, sentir nevar
E "frio" se instalar.

A minha dor carece
Subterfúgio de quem não quero ser
Bendita seja meu ver
Ainda serei capaz de seguir

A minha dor desaparece
Quando percebo que acabou
A luz foi o que sobrou
Eu ainda ando no caminho que escolhi vencer.

segunda-feira, 6 de março de 2017

Aonde Mora a Felicidade


Sempre acreditei na felicidade,
Na capacidade de sorrir ,
De correr atrás do seu destino.

A felicidade sem pensar
Vivida, correspondida com boas memorias,
Lembranças eternizadas.
Vida Simples e Boa

Não há como deixar passar,
Temos uma vida para amar,
Para sofrer e recomeçar, 

Um dia de cada vez,
Um passo por vez
Uma vez

Amar sem pensar
Viver sem questionar
Sorrir só pelo simples fato de respirar
Viver a vida que é nossa
Cuidar, observar, amar
Agir sendo sujeito
Ação sem predicado
Finalizado
Viver por FELICIDADE em Ser
VIVO



quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Seja Amor.


E que todo amor seja descrito
Sentido, vivido
Pois amar é mais do que necessário 
É idealizado, é vida pura 

Pois não amar é não viver 
Não viver é não existir
E não existir não há necessidade de dizer

Seja visto, seja amado
Esteja a posto para o amor
Pois mais dificil que pareça
Qualquer sombra de amor
É uma chance de feliz ser

E felicidade é o que precisamos 
Para viver no infinito de nossas almas
Seja o amor de alguém
Seja o viver de um ser 
Seja a amor e assim será tudo que quiser.

domingo, 13 de novembro de 2016

Me Faz ViVer


É engraçado sentir
Um frio na barriga
Ter como minha amiga
Minha companheira leal
Meu Escudo contra mal-humor
Minha escolha preferida,
Menina dos olhos estrelar

Já faz tempo que não "verseio"
Uma prosa para lhe falar
Que a tempos faz 
O meu sorriso vibrar 
Uma constância na minha felicidade,
É pode te olhar, 
Tocar minha mão na sua 
E sentir vida.

Você me faz viver
É o que eu posso te dizer
Sem ao menos dizer 
Que amo você
Você me faz ser 
Mesmo nem sempre podendo 
Mata meus desejos 
E me faz Feliz
Você vive em mim
E assim eu vivo.

Descrevo, Vivendo.


Faz tempo que não descrevo,
Pois tudo que escrevo
É o meu relevo pessoal,
Sou fardo das minhas decisões, 
O caos que habita em mim,
São feridas, magoas que deixei ficar 
Por falta de força 
Ou para não esquecer de lembrar,
A vida nem sempre é tão bonita,
Mas finda todas as tempestades
Marés altas ou a canseiras nos olhos, 
Por mais que não se veja 
A vida tem toda sua beleza, 
É dos momentos ruins 
Que revemos nossa evolução, 
A cada segundo, um pouco melhor,
Uma nova versão do "eu" que mora em nos,
A cada dia, uma nova chance de se mostrar melhor
Ou pelo menos de sorrir novamente.
Já faz tempo que não descrevo, 
Pois do tempo precioso 
Eu estou vivendo.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Tempo Passa...!!!

Tempo passa de maneira diferente
Para cada individuo, 
Uns vivem de mais e 
Acham que já é o suficiente,
Não entendem o passar dos anos,
Questionando se são sempre iguais

Outros, olham o tempo como menino veloz,
Cresce rápido demais, 
Nem enxergamos, mas já envelheceu
Já viveu, Já morreu,
A outrora que não volta mais 

Mas há quem enxerga o tempo
Como um amigo leal,
Que sempre pode contar, 
Que de olhos fechados sentem a sua presença,
Que sentem passar,
Mas como segredo, guardam as lembranças,
Os sentimentos, os momentos 
Para que nunca deixem de enxergar, 
Que o tempo passou,
Mas marcou a eternidade
No olhar. 

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Hoje Lamente, Amanhã Reviva.


Que o lamento que corre em seu rosto
Seja breve, mais tão breve 
Que você perceba que ainda estou em ti
E mesmo que, por momento precise a alma lavar
Saiba que estarei com você
Nas lembranças,
Nos ensinamentos,
Nas lições da vida, 
Eu jamais deixarei de ser algo para você
Então que se chore, 
Chore só agora 
Pois amanha é outra aurora 
E a vida recomeça da onde parti 
Pois ainda que não presente 
Vivo em ti 
Então não me mate em si 
Viva a felicidade de ter-me por perto
E na sabedoria que serei eterno
Contanto que lembre de mim
Com o sorriso amoroso 
Olhos lustroso 
Dê quem sabe o valor que a vida tem.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

a-Mar Crescente


Sou por inteiro
Um completo estranho.
Me modifico a cada segundo,
Imprevisível futuro
Que eu chamo de Meu 
Meu eu falando,

Cantando a alto bom tom,
São meus passos,

Minha inconformidade de pensar,
Sentir, Amar
Pois até mesmo Amar se separa 
Não se sente, se vive 
Não é mais algo previsível,
Descritível.
É o meu jeito de ver o mundo
Meu eu, num a'Mar,
Remando contra sobreviver 
Sem sentir, sem ser 
Quem sou.
Amar crescente.

Se afaste, se descolore.


Tem gente que tem
A alma colorida,
É tão bonita,
Que a vida ganha cor,
Ganha amor.

Pobre da alma que é preto e branca,
Nada transforma, 
Desanima,
Cria a vontade de não respirar.

Se afasta da minha caminhada
Aqueles que pisam fundo, 
Nos outros, monocromático
Trágico pensar, 
Sobrevive apenas, sem amar.  

domingo, 17 de julho de 2016

Destino Certo.


As palavras que não digo 
São passiveis em meus olhos 
E como se nada remediasse meu coração
Você escuta a minha alma
Gritando por você.

Incomparável apelo da minha vida 
Ao um destino escolhido 
Pedidos feito outrora 
Que na silenciosa noite posso escutar
Seu canto do jeito que eu pedi 
Jasmim no ar, dose certa de amor 

Mesmo que meu passado me acompanhe 
Por mais que as lagrimas caiam 
Eu pude achar aonde repousar
Minha cabeça em paz está 

Daquele momento em diante 
Simplesmente fui
Floresci em ti  
Pois me cuida como unico
Na gratidão de acalentar meu coração 
Meu amor a ti dou 
Doa o que doer 
Meu sim será sempre seu.

Dias Frios.


Até mesmo os corações mais acalorados
Um dia sente o frio chegar
O inverno das emoções
A lagrima do ultimo momento
Lastima que temos em viver 
Somos incapazes de remediar
E a dor precisa chegar
Fazer do peito pousada

São dias frios na vida que temos
A humanidade se perde aos poucos
E culpar os outros por errar
Parece sempre fazer mais sentido
Do que ajudar a concertar


Talvez as almas estejam trincadas

E para não ser desigual
Preferivel trincar as em volta 
Solidariedade ao contrário 
Humanidade desequilibrada 

Mas até mesmo o inverno
Um dia passa
É a de um dia surgi melhor
Na plenitude de sermos
E buscarmos o nosso melhor.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Cantos


Tenho me mantido ocupada, cantos
Um canto por vez.
Frações de dó guiadas por sol,
Voltantes em lá e paradas em si...
se as coisas ficarem no dó e deixadas pra lá, esquecidas de sol?!
Este é um caso de interiorização,
As notas alcançadas só são belas na minha memória,
As cordas já não se sustentam mais sozinhas.
Os cantos estão se ocupando, de silêncios.
(Uma Não Poetisa)


quinta-feira, 30 de junho de 2016

Meus Retalhos


Meu bem querer,
Desde o início lhe ofereci meu coração, meus ouvidos e meus braços
Para lhe acolher, confortar e acalentar.
Já tive muito medo de me envolver, me deixar levar e por fim sofrer,
Quantas vezes já não viveu o mesmo, não é?!
Sabemos o que é sofrer de ausências
A falta de palavras que removem mágoas,
A falta de presenças que formam os laços,
A falta de espaço que cria a correspondência,
De tantas faltas apenas uma permanência, a insegurança.
Este coração que lhe ofereço é cheio de remendos, uma colcha de retalhos
Cada quadradinho de tecido é uma história, talvez não possa contar sobre cada pedaço
Mas posso contar da linha que usei em cada um desses remendos, esperança.
Tem dias que me sinto bem com meus remendos
Mantenho-me confiante e motivada,
Mas tem dias que os fios começam a se soltar e a esperança se vai
É quando busco um coração, ouvidos e braços prontos para me acolher, confortar e acalentar
E então me redefino, refaço meus retalhos e me coloco aqui,
Pronta para servir de colcha para seu coração, para acolhe-lo, conforta-lo e acalenta-lo,
Se você quiser, meu bem querer.

(Uma Não Poetisa)

domingo, 26 de junho de 2016

Tentando Entender.


Tente me entender
Falo as vezes
Mas parece não ver

Somos assim, irreverentes 
Capazes de viver 
Sendo metade de um ser

Procuramos sem saber 
Encontramos sem querer
Somos incapazes de perceber 

Irreverentes nossos saberes
E se percebemos a capacidade de sorrir 
Somos mais felizes
Sendo unidade e não metade

A cada pessoa que pertence ao meu viver
Me divido por inteiro 
E na divisão do meu ser
Me torno inteiro

Pois aprendi que dividir quem sou
Divulgo o amor
Que acredito existir
Sendo assim a vida sem fim.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...